(61) 3035 9900 ouvidoria@ictcor.com.br

Medicamentos Anti-arrítmicos

Quando se opta pelo tratamento clinico das arritmias cardíacas, alem das medidas gerais e otimização do tratamento da doença de base, se introduz medicamentos conhecidos como antiarritmicos que de acordo com suas características são agrupadas em 6 grupos (I-A, I-B e I-C, II, III e IV). Atualmente as drogas do grupo II (betabloqueadores) e III (amiodarona e sotalol) são as mais utilizadas e são aquelas cujo custo benefício é mais positivo para o paciente, pois além do controle da arritmia, se acompanham de aumento de sobrevida. Já as drogas do grupo I são controversas, pois possuem efeito pró arrítmico, isto é, podem desenvolver novos tipos de arritmias. O seu uso deve ser por restrita orientação médica, que pesará sempre seu custo beneficio. Em principio, quando em ausência de cardiopatia, o custo beneficio é positivo. Por outro lado, este é um setor da Arritmologia que é fruto de intensas e constantes pesquisas no sentido do desenvolvimento de novos medicamentos que em breve poderão chegar ao mercado.

Horário de Funcionamento:

Exames e Procedimentos Eletivos

De Segunda a Sexta-Feira de 8h00 às 18h00

Hospital Anchieta - Centro de Excelência 4º andar

(61) 3035 9900 / (61) 3035 9901

Emergência e Urgência: 24h

Em parceria com a CardioAnchieta. (Pronto Socorro do Hospital Anchieta)

(61) 3353 9000

Ambulatório: Consultas e Pareceres

De Segunda a Sexta-Feira de 8h00 às 18h00

Hospital Anchieta - Centro de Excelência 8º andar
Torre B - Sala 816
Clínica Cárddio - Guichês 6 e 7

(61) 3035 9929 / (61) 3035 9930

Contato

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.