Presença de imagem sugestiva de cicatriz em pacientes portadores de cardiomiopatia ajuda em decisão quanto a indicação de Cardioversores/Desfibriladores Implantáveis.

Imprimir

Publicação recente no MedPage Today (dia 20/07, Luisiana/EUA) dá conta de que a cicatrização do miocárdio evidenciada pelo realce tardio do gadolíneo em imagem cardíaca por Ressonãncia Magnética está associada a aumento da mortalidade em pacientes portadores de cardiomiopatia. Este estudo realizou uma revisão sistemática em pacientes portadores de sarcoidose cardíaca conhecida ou suspeita. O aumento da mortalidade constatado se deveu a eventos arritmogênicos que poderiam se reduzir pelo implante de cardioversores/desfibriladores.